1. Diagnóstico

A web (rede) proporciona o fácil acesso à informação em âmbito mundial e, através dela, tomamos contato com iniciativas que se multiplicam mundo afora, transformando as cidades e a relação enter governo e cidadãos. Por quê então não vemos as transformações acontecerem na velocidade em que tomamos conhecimento das inovações e soluções que provocam essa transformação? Talvez pela ausência de um nó nessa rede. Um nó (hub) que agregue as experiências do mundo, descrevendo e compartilhando ferramentas, 'modos de agir', casos de sucesso e uma rede de compartilhamento (tal qual esta) onde as pessoas co-laborem movimentando planos, projetos, ações, transformações e que aproxime os transformadores uns dos outros.

Compartilhando conhecimento local e globalmente e atuando localmente.

*o acesso aos dados, ou seja, dados públicos, é fundamental - questão a ser discutida)

2. Objetivos

Os objetivos do Planeja.org (um site com desdobramentos físicos - encontros e ações regionais, talvez) são:

  • Mapear iniciativas, ações, ferramentas em âmbito mundial, analisar sua efetividade e aplicação e "abrasileirar as idéias";
  • Estabelecer uma rede de parceiros e atores nacionalmente - criando a rede ou integrando-se a uma rede já existente.
  • Construir um site fácil de usar e entender compartilhando as experiências do mundo, co-criando novas idéias e ferramentas  colaborando para a sua efetivação no mundo real;
  • Sistematizar os conhecimentos técnicos necessários para que as pessoas atuem (metodologia, técnicas e ferramentas), inclusive elaborando aulas e tutoriais.

3. Estrutura de atividades - imagem ou arquivo .jpg, elaborado a partir de matriz

(NOTA: Dar sequência a partir dos objetivos, clarificar/desdobrar os objetivos) 

4. Metodologia

(NOTA: Como fazer isso? De quem eu preciso? Quantas pessoas por quanto tempo? Quem teria coragem de gastar o tempo pra fazer uma coisa que não vai dar dinheiro/lucro? Quem são as pessoas que acreitam nessa idéia além de mim?)

5. Cronograma - imagem de tabela ou arquivo .xls ou .doc

6. Orçamento - imagem de tabela ou arquivo .xls ou .doc, elaborada a partir de matriz

*7. Observações

A idéia é desenvolver outras ferramentas à semelhança do que foi o CicloCenso (que, apesar de estagnado por hora, mostrou-se uma ótima ferramenta em seu piloto).

Idéias para as cidades via Planeja.org:

  • Mapeamento colaborativo de árvores urbanas, incluindo-se espaços a serem revegetados e diretrizes para o manejo das árvores, veja AQUI;
  • Reurbanização de favelas e áreas ocupadas irregularmente/áreas de risco
  1. reduzir a área ocupada (micro-verticalizando),
  2. incrementar o ciclo de auto-suficiência (biodigestores/bactérias metanogênicas/reatores UASB/fertirrigação/geração de gás e energia/transformadores bi-toroidais/ecoagricultura/captação chuva) 
  • Caçadores de boca-de-lobo: as bocas de lobo são para captação de águas pluviais, portanto cheiro de esgoto na boca de lobo significa irregulridade;
  • Capitães de Afluentes: veja AQUI 
  • Mecanimos de acompanhamento da gestão pública (uma espécie de Facebook onde a história e as ações públicas dos eleitos são disponibilizadas);
  • E as existentes por outras mãos: Rios e Ruas, Cidade Democrática, Árvores Vivas, entre outras. (preciso conhecer melhor essas iniciativas)

etc, etc, etc... 

Exibições: 73

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Catalise para adicionar comentários!

Entrar em Rede Catalise

Comentário de Marcos Eichemberger Ummus em 4 maio 2013 às 2:02

Bom, a idéia está saindo do papel! http://planeja.org/

Agora é definir com mais clareza o escopo, terminar o desenvolvimento dos pilotos e captar projetos!

Comentário de Rafael Ummus em 8 abril 2013 às 13:14

opa marcos ! 

legais os links !  mas talvez seja bacana voce só enriquecer um pouquinho a descrição de cada um dos dois blocos, pro leitor ja saber logo que um trata de ferramentas e o outro de potenciais apoiadores, que inclusive servem para os demais projetos do Catalise.

os links no corpo do projeto tambem ficaram muito interessantes mas veja que o link apresentado " hub" conduz par aum apagina que nao tem muita informação sobre a coisa.

o texto está bacana, mas tem um pulo, o diagnostico esta super abrangente e conceitual, sem duvida rico, mas de compreensao um pouco dificil por ser muito abstrato. a amarração com monitramento e participação no plano diretor dava um charme e uma concretudo para a coisa.  Os objetivos tambem sao bem abrangentes e conceituais, talvez valha a pena estender uma abordagem "pe-ni-chao" para este item tambem. 

O foco da coisa para que é a escala de atuação, que é o municipio. se for isso mesmo, vale a pena destacar. A idéia pode e deve ser rica e abrangente, mas é interessante que seja tambem simples e de facil comunicação.

voce tem potenciais colaboradores ? voce pode indicar o catalise para que eles possam participar do desenvolvimento do projeto.

voce imagina alguma fonte de fiancimanento e/ou recursos para o projeto ? via que na lista de sites que voce coloca tem ja algumas indicações, 

força , abraço

R

Comentário de Marcos Eichemberger Ummus em 6 abril 2013 às 21:51
Comentário de Marcos Eichemberger Ummus em 4 abril 2013 às 23:24
Comentário de Marcos Eichemberger Ummus em 4 abril 2013 às 1:35

Olá Yulli! Obrigado por ler e comentar, ajuda muito!

Pois é, vou ler sobre essas iniciativas e me inteirar.

E o projeto é justamente esse: (1) Conhecer/inventar iniciativas, (2) Sistematizar os conhecimentos técnicos e ferramentas para as pessoas que querem atuar atuarem!  

Comentário de Yully Henrique Fernandes em 3 abril 2013 às 16:37

Oi Marcos!! Muito legal seu projeto!! 

Enquanto lia, lembrei de algumas coisas, vou colocar os links aqui: http://cidadesparapessoas.com/ - "O Cidades para Pessoas é um projeto jornalístico e artístico. Financiadas por crowdfunding, a jornalista Natália Garcia e a artista plástica Juliana Russo percorreram 12 destinos pelo mundo em busca de ideias que tenham melhorado as cidades para seus habitantes." 

http://cidadequequeremos.wordpress.com/

e essa página no facebook: https://www.facebook.com/ViveremSantos?fref=ts Conheci outro dia e achei muito interessante, pois é uma página administrada por voluntários, e com enfoque colaborativo, ou seja, se alguém verifica um problema como calçadas irregulares, depósito de lixo de forma irregular, etc. ou até mesmo oportunidades de emprego, cursos, etc. pode entrar em contato com os administradores e eles publicam. 

Pessoalmente, respondendo à sua pergunta sobre quem participaria de forma voluntária, ou quem compartilha da mesma ideia que a sua, acredito que muito gente, como as que podemos ver nesses links que passei pra vc. Só acho que no caso da sua ideia, seria necessário ter algumas pessoas com conhecimento técnico para multiplicar essas informações, pois muitas pessoas teriam boa vontade de colaborar, mas talvez não saibam por exemplo, que bocas de lobo com cheiro de esgoto estão com algo de errado, ou seja, precisariam apenas desse conhecimento técnico prévio para saber identificar os itens que você citou ou mesmo outros itens relevantes para esse objetivo. 

Boa sorte!!

Comentário de Marcos Eichemberger Ummus em 3 abril 2013 às 0:35
Legal mesmo! Vou contacta-los. Suba a sua ideia tambem pra gente ir colaborando.
Comentário de Luiz Gustavo Rebello S. Maia em 2 abril 2013 às 19:54

Lendo o seu projeto me lembrei deste casal, que fez uma coisa parecida, e já poderiam ser um apoio de "peso", nesta ideia.

Eles criaram a seguinte página no facebook:  https://www.facebook.com/Cacadordebomexemplo?fref=ts

 

Comentário de Rafael Ummus em 26 março 2013 às 9:15

Legal Marcos, é isso aí. Algumas sugestões:

- enriquecer o título, que ja esta interessante, para refletir essa aplicação da coisa no contexto gestão participativa das cidades

- explicar melhor o que é o nó ao qual voce se refere. pode nao ficar claro, de imediato, para todos os leitores.

- como a essencia da coisa é a colaboração em rede, identifique e mobilize potenciais parceiros para o desenvolvimento da idéia e traga-os para a rede catalise para construirem o projeto juntos.

E a turma, o que acha ?

© 2017   Criado por Rafael Ummus.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço