Raio X : Coletivo Zumbi dos Palmares

Centro Cultural Afrobrasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares                                      

Avenida Cámassias s/n – Estiva – Taubaté – SP – cep 12.050-710

Tel: (+ 55 021 12) – 99116-0837 (Solange)

centroculturalzumbi@gmail.com

facebook: centro cultural afro-brasileiro e biblioteca zumbi dos palmares

Ponto de Cultura auto-reconhecido – Portaria MINC 030/2016

O Coletivo Zumbi dos Palmares  é nossa iniciativa, basicamente se resume em  ocupar o espaço público e desenvolver  nossa comunidade utilizando o  eixo temático"Cultura Afro-Brasileira  e Africanidades".  Nós somos os  frequentantes da Zumbi,  e nosso coletivo é composto por articuladores culturais, pesquisadores, atores teatrais, artistas plásticos, ativistas ambientais, professores, e produtores culturais. 

 

Exibições: 22

As respostas para este tópico estão encerradas.

Respostas a este tópico

Cacau, que interessante, agradecido por compartilhar conosco.

Tenho uma curiosidade, que pode também vir a somar no Raio-X: quais são os processos que já acontecem dentro da comunidade-iniciativa ? Quem são  as pessoas conectadas por estes processos ?  Ou o principal fator que une vocês no momento é a visão de futuro que querer construir ? 

Vou comentar sobre coisas que me chamaram a atenção. Em relação as dificuldades e fronteiras, vocês disseram:

Nossas  maiores Dificuldades:

- aceitação a comunidade

-falta de recursos financeiros

- adesão do público às nossas atividades

- apoio do poder público

- entrosamento da Atucat com a o Coletivo Zumbi

Nossas Fronteiras:

-  Ser uma ilha dentro da comunidade

- Falta de visibilidade na cidade

- Falta de apoio da prefeitura

Em um primeiro momento eu pensei nas fronteiras do sistema: quem está dentro, quem está fora, como se dá a interação com outros sistemas. Vocês usaram fronteiras como as coisas que vocês querem vencer, o horizonte do desafio. Parece que algumas das fronteiras desafios que vocês tem tem muito a ver com as fronteiras da comunidade-iniciativa e com a conexão desta comunidade iniciativa, seja com a comunidade local, seja com a cidade como um todo, por uma questão de "aceitação", no caso da comunidade local, como voces falam, e por falta de visibilidade, no caso da cidade. 

Por outro lado parece que há uma conectividade forte entre quem está "dentro": o coletivo em si se entende muito bem, tem uma alta densidade de ligações. 

O tipo de interação com os parceiros principais ( prefeitura e atucat) também fala algo sobre como está se estruturando essa "rede-iniciativa"

Hipótese, mas talvez uma coisa tenha a ver com a outra. Acho que tem a ver com a conversa sobre comunidades-iniciativas como redes sociais que vamos fazer esta semana.

Uma provocação: em que fase do ciclo adaptativo voces acham que está sua comunidade-iniciativa ?

(Cacau, a ideia origina é que a gente postasse o raio-x sistemico dentro do grupo do programa, em um ambiente mais privado. Acho que talvez isso venha a ser importante para aprofundar as discussões, pois aqui no fórum externo está aberto para toda a internet. Se achar apropriado transfira sua postagem original para dentro do grupo ( o link para criar postagem está lá embaixo na página inicial do grupo, depois das postagens que já estão). Aí eu transfiro também minha resposta. Mas voce tambem pode usar o espaço aberto da rede para deixar publicada uma página sobre a inicaitiva de vocês)

E u tentei fazer isso no grupo mas, não consegui. 

RSS

© 2017   Criado por Rafael Ummus.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço